Produção de Impressoras
Layout, Produtividade e Logística

PARÂMETROS BÁSICOS
- Produção passa de 48.000 unidades/ano para 160.000 unidades/ano em 6 anos
- Necessária extrema Flexibilidade (ciclos de vida curtos = modelos alterados frequentemente)
- Desbalanceamento de capacidades e diversos gargalos, com excesso de horas extras
- Problemas sérios com material faltante (problemas com PCM, importação, qualidade, atrasos)
- Elevado índice de retrabalho e de desperdícios; defeitos percebidos só no final do processo
- Administração da Produção de forma "tradicional" (MRP), com grandes lotes de produção,
excesso de inventário (buffers em todas as etapas do processo), movimentação intensa de
material, elevados lead times e falta de visibilidade do processo.

Esquema Básico de Produção inicial:

 

SOLUÇÕES ADOTADAS
- Revisão de políticas e estratégias, visando a integração dos sistemas de Produção e Vendas
- Realização de Plano com fixação de metas e cronograma de implantação de cada fase,
incluíndo mudanças físicas da Unidade, treinamento de pessoal, estabelecimento de
parcerias com fornecedores, targets de produtividade, etc
- Reprojeto das linhas de produção e do layout da Unidade
- Introdução de novas práticas de Gestão da Produção, objetivando fluxo unitário dos produtos
com redução dramática do inventário em processo, dos lead times de produção e dos
problemas com qualidade

Esquema Básico de Produção proposto (1ª fase de implantação):

OBS: para a 1ª fase, de implantação imediata, estavam previstos pequenos buffers de material entre os setores (Almoxarifado, Sub-montagens e Montagens), para evitar excesso de paralisações no período de aprendizagem. Os setores de Usinagem e Pintura (que contavam com uma parte considerável de atividades executadas por terceiros) seriam integrados ao processo de produção na fase 3, por dependerem do desenvolvimento de parcerias adequadas com os fornecedores.

A EMPRESA | SERVIÇOS | CLIENTES | CASES | CONTATO
© 2002 LOG Design - Todos os direitos reservados